Tomou posse na última sexta-feira (20) no cargo de ouvidor do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no lugar da ministra Assussete Magalhães, que deixa o cargo após uma série de importantes realizações, como as parcerias com as ouvidorias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o ministro Sérgio Kukina.

O ministro Sérgio Kukina é natural do município de Curitiba, no Estado do Paraná, e é ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde fevereiro de 2013, fazendo parte da Primeira Seção e da Primeira Turma do tribunal. Possui mestrado em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), foi professor em diversas instituições de ensino superior, incluindo a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Escola Superior de Advocacia da OAB-PR, e atuou como promotor de Justiça, antes de ingressar no tribunal, nas comarcas paranaenses de Francisco Beltrão, Dois Vizinhos, Faxinal, Pitanga, Guarapuava, Foz do Iguaçu e Curitiba. Posteriormente, foi promovido a procurador de Justiça e chefiou a Coordenadoria de Recursos Cíveis do Ministério Público do Paraná.

O novo ouvidor exercerá pelos próximos 12 meses o cargo e ao ser empossado prometeu conduzir o órgão com base no diálogo e dar continuidade às parcerias, buscando troca de experiências com ouvidorias de outros órgãos do Judiciário.


Fonte: STJ